Newsletter


Missão

A Convenção das Assembleias de Deus em Portugal tem como Missão:

Promover e organizar iniciativas que estimulem a comunhão e a unidade entre os seus associados, como seja, as assembleias gerais, conferências nacionais e regionais, encontros juvenis regionais e nacionais, seminários e retiros.

Promover e realizar projectos que envolvam os associados com vista ao desenvolvimento da Obra de Deus.

Resolver, a solicitação dos interessados, em instância de recurso, os conflitos gerados em Igrejas ou que envolvam Igrejas ou os seus Obreiros.

Preservar os fundamentos doutrinários bíblicos, aceites pelas Assembleias de Deus em Portugal e resumidos na "Declaração de Fé" e "Pacto Deontológico".

Representar os Obreiros e as Igrejas nos projectos conjuntos.

Organizar formas de apoio social e de assistência complementares aos associados individuais e respectivos familiares deles dependentes em caso de reforma, invalidez ou morte daqueles.

Promover, sustentar e apoiar iniciativas missionárias próprias ou dos associados.

A CADP respeitará sempre, e em quaisquer circunstâncias, a autonomia das Igrejas Locais associadas.

Para resolver conflitos, a CADP, por iniciativa própria e através dos seus órgãos competentes, pode intervir na vida interna das Igrejas associadas, desde que a questão seja grave e ponha em risco os fundamentos doutrinários da Convenção das Assembleias de Deus e a unidade da igreja local ou da igreja com a Convenção e se tenham esgotado todos os recursos espirituais a nível local e regional. A iniciativa da CADP ficará sempre dependente do consentimento prévio dos representantes da Igreja ou Igrejas em causa.

A CADP, para prossecução dos seus fins, através dos seus órgãos competentes, poderá aconselhar os seus associados, sem prejuízo do exercício da acção disciplinar, em ordem a evitar desvios da moral e doutrina bíblicas.

As actividades de apoio social e assistência aos associados, bem como as de índole missionária, poderão ser desenvolvidas por departamentos dotados de organização administrativa, receitas próprias e autonomia financeira.



Mapa do Site

Redes Sociais

 

Convenção das Assembleias de Deus de Portugal © 2012
Workmove